Home / CFTV / Qual a diferença entre os protocolos P2P e TCP IP?

Qual a diferença entre os protocolos P2P e TCP IP?




Olá pessoal! Tudo bem?

Nosso assunto hoje é um pouco delicado, ou melhor… polêmico, vamos falar sobre tecnologia P2P dentro conceito CFTV.

Você muito provavelmente já ouviu falar de P2P ou conexão em nuvem, se não tiver conhecimento envie-me suas dúvidas…

Começando… como funciona?

A resposta simples é “Peer to Peer” ou tecnologia P2P bem da forma que se lê – redes sem um servidor central, ou seja, rede onde todos os computadores são servidores e clientes ao mesmo tempo.

Neste artigo, vamos apresentar os prós e contras de cada protocolo P2P e TCP/IP e tentar diminuir e acabar com as suas dúvidas.

O acesso via TCP/IP é feito por quem solicita as imagens. O servidor que fornece pode ser:

  • Somente servidor
  • DVR
  • NVR
  • CÂMERA IP

No caso do P2P, o DVR envia ininterruptamente as imagens para um servidor na nuvem e quando o cliente precisar dessas imagens, terá que fazer o acesso através desse servidor.

Não terá mais os acessos através do DVR, mesmo estando ao lado dele e na mesma rede, e sim através de um servidor na nuvem o que dará a vantagem de acessar as imagens de qualquer lugar do mundo… desde que tenha internet.

Continuando…

O mercado de segurança eletrônica tem visto com bons olhos a tecnologia P2P e esse crescimento será tendência já é acentuada no nosso dia-a-dia e deve ter uma aceitação ainda maio num futuro próximo e os fabricantes que mais conceituados já estão com implementando nas suas tecnologias.

Agora… é importante saber quais as vantagens e desvantagens em optar por um protocolo P2P ou TCP/IP… nem sempre será convincente.

Vantagem # 1 P2P: Facilidade na instalação

As configurações serão mais interativas e fáceis de entender, não precisará de liberações de portas no roteador.

Vantagem # 2 P2P: Sem a necessidade de um especialista em CFTV

Você não precisará solicitar um “técnico para realizar o serviço” de direcionamentos de portas no roteador, pois esses procedimentos são interativos ou, melhor dizendo, uma consequência do passo a passo.

Vantagem # 3 P2P: Solução para quem usar internet via radio

Você visualizará suas câmeras sem precisar ligar para prestadoras de serviço, solicitando abertura de portas.

Vantagem # 4 P2P: Sem necessidade de cadastro

Você não precisará configurar um serviço de Host DNS no modem ou roteador.

Vantagem # 5 P2P: Mais facilidade nas configurações

99% das configurações possibilitam o cliente a configurar o seu equipamento sozinho.

 

Até agora nós falamos das vantagens do protocolo P2P.

 

Agora, vamos às desvantagens;

 

Desvantagem # 1 P2P: Lentidão na internet

Isso pode acontecer por falta de conexão direta ao DVR ou por esta acessando um servidor com milhares de DVRs conectados.

Tudo isso somado a uma internet simples pode causar muita lentidão.

Desvantagem # 2 P2P: Quedas constantes da imagens

Imagine que trabalhar com uma marca de DVR especifico e você tem 50 clientes, imagine agora esse servidor caindo… você terá 50 clientes te ligando.

Nesse tipo de conexão um ponto negativo é a questão da velocidade, sempre será necessária a conexão “local” para chegar ao destino, nesse caso esse “local” precisar estar 100% “disponível” para obter sucesso no acesso.

Desvantagem # 3 : Equipamentos sem recurso P2P no mercado

Se não souber redirecionar as portas, você terá que contratar um profissional para realizar o de serviço e correr o risco de não encontrar um profissional adequado.

Desvantagem # 4: Traffic shaping (Diminuição da banda larga)

Quando as operadoras passaram a identificar o uso do protocolo P2P como práticas de downloads usando o software como BitTorrent e o protocolo P2P para fazer downloads de jogos, vídeo e músicas… começou a diminuição de banda.

Desvantagem # 5: Falta de segurança

Em algumas marcas de DVR não é possível saber se realmente o servidor é seguro

Não existe provas de que de fato isso acontece, até porque do ponto de vista legal é proibido

 

VANTAGENS DE UTILIZAR O PROTOCOLO TCP/IP

 

Vantagens #1: Rapidez e Estabilidade

Como a comunicação entre o servidor e o cliente nesse caso é direta, o processo de acesso as imagens é mais rápido, mesmo o cliente tendo uma internet mediana não terá problemas.

Vantagens #2: A segurança

Claro que na web nada é 100% seguro, mas se seguir algumas recomendações, poderá evitar ataques de malwares.

Vantagens #3: Autonomia

Quando o acesso TCP/IP não funciona, em 90% dos casos é possível resolver os problemas sem precisar falar com as operadoras ou suporte de fabricantes… basta alguns conhecimentos básicos em redes.

Vantagens #4: A Confiança

Aquele que está acostumado a trabalhar no cenário TCP/IP e capaz de configurar qualquer DVR tanto antigo como com a tecnologia P2P.

Desvantagem # 1: Configurações

As configurações do roteador no redirecionamento de portas podem ser um pouco complicadas e requer um pouco mais conhecimento.

Desvantagem # 2: Necessários DDNS

Esse problema pode ser resolvido com serviços: No-IP, DynDNS ou com IP fixo ou pela própria marca do DVR e vai precisar de conhecer de rede e DVR.

Desvantagem # 3: CGNAT e internet a Radio

As operadoras IP público e compartilhados para vários usuários e será necessário um contato com as operadoras.

 

No vídeo do NIC.Br você entenderá de maneira bastante didática o que é o CGNAT (Carrier Grade Network Address Translation).

 

E logo abaixo segue mais um vídeo do NIC.Br explicando o que é o IPv6.

 

Bem por enquanto, vamos parar por aqui, espero que tenham gostado desse simples artigo, aguardo os comentários.

Um forte abraço a todos

 

 

Rating: 5.0. From 2 votes.
Please wait...

Um comentário

  1. MARIO ERICO CANDIA

    É possível transmitir imagens de cameras de segurança ( CAMERAS E DVR da INTELBRAS ) utilizando o meio de transmissão VIA SATELITE ?

    Rating: 1.0. From 1 vote.
    Please wait...

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*